carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Lugo visita Congresso e evita fazer declarações sobre Itaipu

Presidente do Paraguai destaca Brasil como grande sócio para desenvolvimento econômico do país

Denise Chrispim Marin, de O Estado de S. Paulo,

07 de maio de 2009 | 12h31

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, esquivou-se de abordar diretamente a questão de Itaipu nas declarações públicas que fez nesta manhã no Congresso, ao lado dos presidentes da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), e José Sarney (PMDB-AP). Com Temer a seu lado, Lugo destacou que o Brasil é um grande sócio para o desenvolvimento econômico do Paraguai e fez um chamado ao diálogo.

 

Veja também:

linkBrasil está disposto a oferecer quase US$ 2 bi ao Paraguai

especialItaipu, um gigante polêmico

 

"Também temos dificuldades e situações que podemos superar juntos. Sou daquelas pessoas convencidas de que o diálogo é a melhor arma para solucionar as grandes e pequenas dificuldades", afirmou. Ao lado de Sarney, Lugo insistiu que a nenhum país da América Latina é confortável ter um "vizinho pobre". "Creio que nos convém crescer juntos, e essa é a aposta que fazemos na América Latina", declarou.

 

Lugo realiza nesta quinta-feira sua primeira visita de Estado ao Brasil. Dentro de alguns minutos, será recebido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes. Somente às 17h30 terá seu encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no qual deverá ser tratado o impasse bilateral em torno da cota paraguaia da energia gerada pela Hidrelétrica de Itaipu e da dívida dessa usina com a Eletrobrás e o Tesouro Nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
EnergiaItaipuFernando Lugo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.