Lula anuncia investimentos de R$ 5,3 bilhões em habitação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou hoje investimentos de R$ 5,3 bilhões este ano em programas de habitação da Caixa Econômica Federal. Segundo Lula, serão beneficiadas 359 mil famílias, das quais 234 mil têm renda mensal de até 5 salários mínimos. A meta para este ano é construir 230 mil casas populares, gerando 507 mil empregos.De acordo com o presidente, o déficit habitacional no Brasil é de 6 milhões de casas, e existem 4 mil favelas no País. Para Lula, é preciso dinheiro e vontade política para resolver o problema. Ele acrescentou que o governo pretende juntar criatividade e vontade política, "mesmo sabendo que as coisas não se resolvem do dia para a noite". Lula criticou a retenção de gastos da Caixa no ano passado em investimentos em saneamento e infra-estrutura. Segundo ele, a caixa dispunha de R$ 262 milhões, mas só gastou R$ 19 milhões. "É aceitável guardar dinheiro em Caixa quando a situação do nosso povo é tão crítica?", perguntou o presidente.Ele disse que determinou a todos os setores do governo que gastem todo o dinheiro disponível até o fim do ano. Lula incitou os representantes de movimentos populares a cobrarem ações do governo na execução dos programas habitacionais. "Não se importem com as nossas caras feiras. Cobrem, porque é um direito de vocês", recomendou Lula. Lula participou do lançamento da Conferência Nacional das Cidades, evento que o governo vai realizar em outubro e que começa a ser preparado agora. A cerimônia de lançamento ocorreu no salão nobre do Palácio do Planalto, que estava lotado com a presença de centenas de representantes de movimentos populares por moradias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.