Lula anuncia medidas desenvolvimentistas este mês, diz Furlan

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Luiz Fernando Furlan, disse hoje em Portugal que o governo vai anunciar um pacote de medidas desenvolvimentistas na segunda quinzena deste mês. "Quando voltar da viagem à Europa, o presidente Lula vai apresentar um conjunto de medidas surpreendentes", disse. O anúncio foi feito em uma resposta a um empresário português que questionou o ministro sobre a impossibilidade de investir no Brasil com taxas de juros de 50% ao ano para as empresas. "Essas medidas vão proporcionar um desenvolvimento nos próximos meses muito mais favorável do que a arrumação das contas", afirmou Furlan. Segundo Furlan, a arrumação das contas é uma fase já superada. ?Um país não pode ter como finalidade eterna o controle de gastos", disse. Falando à Agência Estado, Furlan afirmou que as medidas são de apoio ao investimento, de construção de infra-estruturas, de parcerias entre o setor público e a iniciativa privada. "Vai ser um divisor de águas entre a política monetarista e uma política de desenvolvimento sustentado. O País vai entrar num caminho de crescimento econômico". Ele não quis especificar quais as medidas, mas afirmou que a decisão foi fechada numa reunião com o presidente realizada ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.