Lula anuncia pacote após reunião com governadores

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) será anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva às 10 horas desta segunda-feira, depois de uma reunião com os presidentes de partidos políticos da coalizão e de um encontro com governadores. O presidente tem um discurso preparado para a ocasião, mas os detalhes do PAC vão ser expostos logo depois da fala de Lula, em uma apresentação da ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, e do ministro da Fazenda, Guido Mantega, de acordo com a assessoria do Palácio do Planalto. Segundo interlocutores da ministra Dilma, o PAC prevê investimentos nos próximos quatro anos de cerca de 500 bilhões de reais dos setores público (União e estatais) e privado, nas áreas de energia, logística, saneamento e habitação. Dilma, Mantega e os ministros Tarso Genro (Relações Institucionais), Luiz Fernando Furlan (Desenvolvimento), Silas Rondeau (Minas e Energia), Marcio Fortes (Cidades) e Pedro Britto (Integração Nacional) reuniram-se com Lula no Palácio da Alvorada no final da tarde deste domingo. O Palácio do Planalto programou para a tarde desta segunda-feira uma bateria de entrevistas coletivas dos ministros Furlan, Rondeau, Fortes, Britto e Paulo Passos (Transportes), além dos presidentes da Petrobras, Sérgio Gabrielli; da Eletrobrás, Valter Cardeal, e da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Ramos Coelho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.