Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Lula assina MP autorizando repasse de R$ 2 bilhões ao BNDES

Montante fortalece o caixa da instituição e será usado especialmente em financiamentos a exportadores

Leonencio Nossa, de O Estado de S. Paulo,

09 de dezembro de 2008 | 23h14

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta terça-feira, dia 9, Medida Provisória que autoriza repasse de US$ 2 bilhões, captado no Banco Mundial (BIRD), para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O montante que fortalece o caixa da instituição será usado especialmente em financiamentos para os exportadores. O setor reclama que, desde o início da crise financeira, tem enfrentado dificuldades de obter crédito no exterior. Desde outubro do ano passado o BNDES negociava o empréstimo com o BIRD. O dinheiro foi concedido à União, que agora repassará para o banco de fomento. O montante chega ao caixa do BNDES num momento em que o governo federal tenta capitalizar a instituição, que não consegue atender à demanda por financiamento no setor privado. O BIRD havia informado ao governo brasileiro, no último dia 20, que concederia o empréstimo. A Medida Provisória que deverá ser publicada no Diário Oficial desta quarta-feira, ainda cria um fundo para financiar investimentos e empreendimentos no setor elétrico. O Fundo de Garantia a Empresas do Setor Elétrico será gerido pelo Banco do Brasil. O texto da MP também viabiliza um repasse de R$ 370 milhões para o governo de Santa Catarina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.