Lula autoriza Telebrás a emitir até R$ 200 mi em ações

Um aumento do capital social da Telecomunicações Brasileiras S.A. (Telebrás) com a emissão de novas ações até o montante de R$ 200 milhões foi autorizado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em decreto publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União. O aumento do capital, de acordo com a determinação, se dará por meio de assembléia-geral de acionistas, "observadas as transferências de recursos aprovadas e liberadas pelo Ministério das Comunicações, de acordo com as disponibilidades orçamentárias e financeiras." O decreto autoriza a União a subscrever ações, na proporção de sua participação no capital social da Telebrás, depois aprovada a decisão da assembléia-geral, e a subscrever ações, na proporção da participação dos acionistas minoritários, caso eles não exerçam o seu direito de preferência dentro do prazo legal." Assinado também pelos ministros Guido Mantega (Fazenda), Paulo Bernardo (Planejamento, Orçamento e Gestão) e Hélio Costa (Comunicações), o decreto vigora a partir de hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.