Lula brinca com presidente da Vale durante discurso

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva brincou hoje com o presidente da Vale, Roger Agnelli, durante discurso proferido em seminário em Londres. Lula contava à plateia que teve que ligar três vezes diretamente para o presidente da China, Hu Jintao, para negociar o empréstimo de US$ 10 bilhões para a Petrobras, já que a crise restringiu o acesso ao crédito da estatal.

DANIELA MILANESE, Agencia Estado

05 de novembro de 2009 | 16h06

O presidente afirmou que os chineses são "duros na queda". E depois emendou: "Quem faz negócios com os chineses? Você faz, né, Roger?", disse, dirigindo-se ao presidente da Vale. Ontem, Lula já havia citado a Vale no discurso de inauguração do escritório do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em Londres, apontando a mineradora, junto com a Petrobras, como exemplo de empresa brasileira que pode competir em condições de igualdade no exterior. Ontem à noite, Agnelli afirmou que seu relacionamento com Lula "sempre foi bom, aberto e sincero".

Tudo o que sabemos sobre:
LulaAgnelliValeLondresBNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.