Lula comemora decisão da OMC sobre algodão

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou a decisão da Organização Mundial do Comércio (OMC) de considerar, em relatório divulgado ontem, ilegais os subsídios aplicados pelos Estados Unidos aos produtores de algodão.Em declaração no Palácio do governo da República do Congo, o presidente Lula disse que a decisão é resultado de esforço do grupo dos países em desenvolvimento. "Isso é o que podemos chamar de vitória da unidade", disse. Ele afirmou também que a comunidade européia e os Estados Unidos não concretizam o que seus líderes propõem na ajuda aos desenvolvimento. "A verdade verdadeira é que falar em livre comércio é muito mais fácil que praticar", afirmou.Lula disse a representantes do governo da República do Congo que o biodiesel é uma alternativa para acabar com a miséria na área rural do Congo, uma das maiores reservas de petróleo do continente africano. "Em vez de fazer perfurações de milhares de metros, é possível produzir combustível cavando vinte centímetros", afirmou , referindo-se ao plantio de oleaginosas. Os presentes ao encontro riram.

LEONENCIO NOSSA, ENVIADO ESPECIAL, Agencia Estado

16 de outubro de 2007 | 17h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.