Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Lula comemora queda do risco Brasil sem brinde

A Secretaria de Imprensa da Presidência da República informou que o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, foi ao Palácio do Planalto, cumprimentar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas que não houve brinde com champanhe, para comemorar a taxa de risco abaixo de 400 pontos. O encontro foi programado ontem à noite por Furlan, que estava empolgado com a taxa do risco Brasil, que ontem baixou para 388 pontos. Em junho do ano passado, Furlan comprou uma garrafa de champanhe em um aeroporto europeu, com o compromisso de abrí-la com o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, quando o risco País rompesse a barreira dos 400 pontos. Ontem, com a diminuição da taxa de risco, os dois ministros acertaram o encontro com o presidente. A Secretaria de Imprensa da Presidência sequer confirmou se o ministro Palocci participou do encontro com Furlan e Lula. Mas Palocci estava no Planalto.

Agencia Estado,

21 de dezembro de 2004 | 13h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.