Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Lula compara pré-sal a 'moça bonita' ao falar sobre empresas

'Cada segmento quer tirar um pouquinho, todo mundo quer beliscar', diz presidente durante congresso

CAROLINA FREITAS, Agencia Estado

13 de novembro de 2009 | 13h08

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a utilizar nesta sexta-feira, 13, suas metáforas para falar do grande interesse de empresas nacionais e estrangeiras na exploração de petróleo da camada pré-sal na costa brasileira. Segundo ele, o interesse pode ser comparado ao que desperta uma moça bonita, onde todos querem "tirar um pedacinho". "Pré-sal é que nem mulher bonita em um baile cheio de homem, ou homem bonito em baile cheio de mulheres. Cada segmento quer tirar um pouquinho, todo mundo quer beliscar."

A comparação do presidente foi feita em discurso de abertura do 9º Congresso Nacional de Iniciação Científica (Conic), na Faculdade Metropolitanas Unidas (FMU), no bairro da Liberdade, na capital paulista. Segundo ele, os recursos do fundo do pré-sal serão usados em projetos voltados para educação, ciência e tecnologia, meio ambiente, cultura e saúde.

Ainda sobre o pré-sal, o presidente da República disse que a descoberta desses poços não foi sorte de seu governo, mas sim fruto de investimentos em pesquisas. E citou que os investimentos no setor tiveram um salto de pouco mais de R$ 200 milhões para R$ 900 milhões ao ano. "Você não descobre nada se não olhar a pesquisa como investimento e não como gasto", argumentou.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleopré-salLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.