Lula dá pontapé inicial em obra de transmissão no Paraguai

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarca hoje em Assunção, capital do Paraguai, para participar da cerimônia de início das obras da construção de uma linha de transmissão de energia elétrica de 500 quilowatts que unirá a cidade de Villa Hayes com a hidrelétrica de Itaipu. Lula terá um encontro inicial com o presidente Fernando Lugo no aeroporto internacional Silvio Petirrossi e depois participará - com o colega paraguaio - da cerimônia de lançamento da obra da linha elétrica A construção da linha, de 330 quilômetros de extensão, é parte de um acordo bilateral assinado há um ano no qual o Brasil prometeu que a obra seria feita "sem custos para o Paraguai". A construção da linha, de US$ 400 milhões, será executada por Itaipu. O financiamento será feito com as verbas do Fundo para a Convergência Estrutural do Mercosul (Focem). O Brasil é o principal fornecedor das verbas do Focem.

Ariel Palacios CORRESPONDENTE BUENOS AIRES, O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2010 | 00h00

O chanceler paraguaio, Héctor Lacognata, afirmou ontem que durante a breve visita de Lula os dois presidentes não assinarão acordo bilateral algum.

Cimento. Ainda em Villa Hayes os dois presidentes também participarão do lançamento da pedra fundamental da construção da fábrica de cimento Yguazú S.A., investimento conjunto da brasileira Camargo Correa e a paraguaia Concret-Mix.

O investimento (US$ 100 milhões) será o maior realizado pelo Brasil no Paraguai. Esse volume equivale a 25% dos atuais investimentos feitos por empresas brasileiras em território paraguaio. A previsão é que a fábrica produzirá 400 mil toneladas no primeiro ano de funcionamento e 600 mil toneladas no segundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.