Lula destaca resultado da balança comercial

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou nesta quinta-feira o resultado da balança comercial em agosto. Ele lembrou que há três meses consecutivos as exportações estão batendo recordes: em junho ultrapassaram a casa dos US$ 10 bilhões; em julho, bateram nos US$ 11 bilhões; em agosto, ultrapassaram US$ 13 bilhões. "É um comércio extraordinário", comentou o presidente, lembrando ainda que a corrente de comércio em 12 meses já ultrapassou US$ 180 bilhões e o superávit comercial no período é de mais de US$ 40 bilhões. "É um saldo nada ruim para o Brasil. Eu não podia deixar de destacar estes resultados na presença do presidente de uma das maiores entidades empresariais do País", disse Lula, referindo-se ao presidente da Fiesp, Paulo Skaf, que assiste à solenidade de assinatura dos projetos de lei que reestruturam o sistema de defesa da concorrência e criam o chamado cadastro positivo. "O ministro Palocci (Antonio Palocci, da Fazenda) fica feliz porque tem muita gente pessimista. Mas mesmo com câmbio baixo, as coisas estão indo do jeito que tem que ser, com calma e com cautela." Lula destacou que o objetivo do governo é fazer com que as ações governamentais sejam duradouras e permanentes e não dependam de fatos ocasionais.

Agencia Estado,

01 Setembro 2005 | 16h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.