Lula determina estudo sobre produção de fertilizantes

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Ministério do Desenvolvimento e a Petrobras analisem, junto com o setor privado, maneiras de acelerar projetos de investimento que aumentem a produção nacional de fertilizantes. A informação é do presidente do BNDES, Luciano Coutinho. A preocupação do governo é que os fertilizantes estão pressionando os preços dos alimentos e, por conseqüência, a inflação, pois boa parte das matérias-primas utilizadas no Brasil é importada. "Precisamos ampliar a produção nacional de fertilizantes com eficiência", disse Coutinho.O presidente do BNDES fez as afirmações durante entrevista coletiva à imprensa, após mesa redonda no Congresso da Indústria 2008, realizado hoje em São Paulo com o patrocínio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).A preocupação com a alta da inflação foi um dos temas discutidos por autoridades governamentais, políticos e cerca de 3 mil empresários que participaram do evento.

ELIZABETH LOPES, Agencia Estado

12 de junho de 2008 | 20h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.