finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Lula diz que criticou o governo anterior e não FHC

Presidente acusou os jornalistas de terem mentido e afirmou que nem citou o nome de seu antecessor

O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2011 | 00h00

O presidente Luiz Inácio Lula negou ontem que tenha acusado o governo Fernando Henrique Cardoso de ter sido "insensível" com os empresários do setor sucroalcooleiro e de tê-los tratado como "marginais". Ao ser questionado sobre a reação de FHC, Lula acusou os jornalistas que acompanharam sua visita à América Central e ao Caribe de terem mentido e disse que não havia citado o nome do seu antecessor na Presidência da República."O correto é: mentiu quem disse que eu citei o nome do Fernando Henrique Cardoso ontem (anteontem) na entrevista. Eu citei períodos", afirmou, enfurecido. "Se alguém mentiu, que arque com as conseqüências da sua mentira. Não está na minha boca o nome de nenhum presidente da República, não citei nenhum nome, nem de presidente, nem de ministro, nem um período." De fato, Lula não havia mencionado o nome do ex-presidente ao discursar anteontem no Fórum Empresarial sobre Etanol e Biodiesel em Kingston, na Jamaica. Havia preferido falar no "governo anterior" e completara que essa administração recusara as propostas de renovação da frota nacional de veículos e da frota oficial por automóveis movidos a álcool. Esse episódio deu-se durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Para os jornalistas e empresários do setor presentes, não houve dúvidas sobre o período ao qual Lula se referira. Mas ontem ele insistiu que havia apenas "citado a história da política de construção do Proálcool". O presidente valeu-se do episódio para, mais uma vez, advertir que não pretende comparar seu segundo mandato com as administrações dos governantes que o antecederam, mas com sua primeira gestão. Esquivou-se até mesmo de reproduzir, em sua declaração, o nome de FHC. "Disse para vocês durante a campanha (de 2006): eu não tenho nenhum interesse, nem eleitoral nem político, de ficar citando o nome que vocês acabaram de citar porque eu, agora, tenho de comparar o Lula com o Lula, e não o Lula com os outros", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.