Lula diz que denúncias sobre venda da Varig são 'abomináveis'

Segundo o presidente, 'esta foi uma transação em que somente a Justiça participou e deliberou'

Elizabeth Lopes, de O Estado de S. Paulo,

10 de junho de 2008 | 14h56

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva classificou nesta terça-feira, 10, de "abomináveis" as denúncias da ex-diretora da Anac, Denise Abreu, sobre favorecimento da Casa Civil na venda da Varig/Variglog. "Eu não deveria comentar. Esta foi uma transação em que somente a Justiça participou e somente a Justiça deliberou", destacou o presidente em rápida entrevista coletiva concedida após a inauguração da 15ª Feira Hospitalar, em São Paulo.   Veja também:  Turbulências da Varig   MPF vai investigar sócios da Varig   Sem citar o nome de Denise Abreu, Lula disse que "as pessoas que estão fazendo ilações contra a ministra Dilma não têm autoridade moral e ética para fazer tais acusações". "Eu acho abominável (as denúncias). A história haverá de fazer o julgamento das ilações, que estão sendo feitas contra a ministra Dilma. Estamos certos de que as pessoas que estão fazendo ilações amanhã certamente estarão desmoralizadas, porque irão perceber que isso não tem fundamento".   Ao destacar que a Justiça foi quem decidiu sobre a venda da Varig, Lula ponderou: "Estou convencido de que o juiz tomou a decisão correta, num momento em que não havia um único ser vivo que acreditava que a Varig pudesse se salva".   Além das críticas à ex-diretora da Anac, o presidente Lula também não poupou a imprensa. "Temos uma salvaguarda extraordinária contra o mau jornalismo, que é o leitor. Que é implacável e sabe o que é mentira, o que é ilação e saberá decidir sobre este assunto.   Lula disse também que os que estão fazendo tais acusações "não têm coragem de pedir desculpas e, se tivessem 10% das letras que acusam pedindo desculpas, tudo seria mais fácil no Brasil".   Ainda sobre as denúncias, Lula disse que não dá para perder a calma e a tranqüilidade. E alfinetou: "De qualquer forma, tudo isso faz parte do jogo político brasileiro, pois tem gente que levanta e vai dormir todo dia torcendo para tentar encontrar alguma coisa para prejudicar o governo e tem gente que não se conforma com o sucesso que o País está tendo".

Tudo o que sabemos sobre:
LulaVarig

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.