carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Lula diz que preparou País para 'dar 2º grito de liberdade'

Em discurso na fábrica da Michelin, presidente critica FMI e ressalta aperto fiscal feito por ele em 2003

Felipe Werneck, de O Estado de S. Paulo,

26 de fevereiro de 2008 | 15h20

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira, 26, que preparou "a casa para a gente (o País) dar o segundo grito de liberdade" e disse que quer ser respeitado "enquanto nação e na nossa soberania". Em discurso na inauguração da nova fábrica de pneus Michelin no Rio, Lula criticou o Fundo Monetário Internacional (FMI) e disse duvidar que outro presidente fizesse o aperto fiscal que ele alegou ter feito ao chegar ao governo, em 2003.   "O FMI tinha US$ 15,9 bilhões depositados na conta do Brasil com uma espada na cabeça do governo. Era como se mesmo depois da morte de Tiradentes e da Independência em 1822, a gente não tivesse independência. O que fizemos: vamos preparar a casa para a gente dar o segundo grito de liberdade e dissemos 'não precisamos mais de vocês, pega os 15,9 bi de vocês, tchau e bênção. Vamos cuidar do nosso próprio nariz com os nossos erros e os nossos acertos'", afirmou o presidente.   Em seguida, Lula citou o fato de o Brasil ter hoje reservas maiores do que a dívida externa e declarou: "Hoje, com muita humildade, podemos transitar no mundo não de nariz em pé, mas de cabeça erguida. Queremos ser respeitados enquanto nação e na nossa soberania, nós decidimos o que queremos, como queremos e quando fazemos as coisas. É importante as pessoas perceberem que tem muita gente dando palpite. Ao longo dos últimos anos todos os analistas econômicos quebraram a cara".   No discurso, Lula citou ainda a crise do subprime nos Estados Unidos e afirmou que o Citibank "tomou na cara 10 bilhões porque especulava".

Tudo o que sabemos sobre:
LulaFMI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.