Lula diz que Rodada de Doha pode ter conclusão este mês

O presidente Luiz Inácio Lula daSilva afirmou que as negociações para um novo acordo global decomércio na OMC podem ser concluídas até o final deste mês. "Penso que até dia 30 de julho mais ou menos deveremos terum desfecho disso (da Rodada de Doha). E o Brasil trabalha coma idéia de fazer um acordo", afirmou Lula durante evento emCuritiba (PR) para divulgar o novo plano agrícola do governo. O presidente afirmou que as questões mais difíceis para umacordo continuam sendo as ligadas à agricultura e aos bensindustriais. "A cada ano falo com os principais sete ou oito dirigentesdo mundo para ver se combinamos um jeito para que os paísesricos... flexibilizem o seu mercado agrícola, para que osprodutos dos países em desenvolvimento possam entrar em seumercado", disse Lula, comentando também a questão de reduçãodos subsídios dos EUA aos produtores rurais. "O que eles querem? Querem que a gente flexibilize osprodutos industriais e estamos dispostos a flexibilizar, desdeque não signifique truncar um país que passou 20 anos semcrescer e que começa a crescer agora", afirmou o presidente. "Nós não queremos bloquear o crescimento da nossaindústria, esse é o desafio". Lançada em 2001, a Rodada de Doha da Organização Mundial doComércio (OMC) já perdeu todos os prazos inicialmenteestipulados. Participantes das negociações tentam agora chegar a umacordo antes da mudança no governo dos Estados Unidos, quepossivelmente resultaria em novos atrasos na rodada. Lula afirmou que a liberalização do comércio agrícolamundial, permitindo maior participação dos países emdesenvolvimento, poderia aliviar o problema da escassez globalde alimentos. (Por Camila Moreira e Marcelo Teixeira)

REUTERS

02 de julho de 2008 | 12h22

Mais conteúdo sobre:
COMMODSLULADOHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.