Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Lula diz que turbulência nos mercados não prejudica o País

Segundo presidente, economia brasileira vive momento tranqüilidade; 'Estamos com as contas equilibradas', diz

Tânia Monteiro e Lisandra Paraguassu, do Estadão,

15 de agosto de 2007 | 14h48

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira, 15, que a turbulência externa não vai causar problemas ao Brasil. "O dólar é flutuante e o que é importante é que a economia brasileira vive um momento de tranqüilidade enorme", disse o presidente ao chegar para almoço no Palácio do Itamaraty, com o presidente de Benin.  Veja também:Bovespa cai com temores com EUA; Europa fecha em baixaDólar supera R$2 na abertura com tensão no exteriorAgitação por crédito persiste e bolsas na Ásia caemOs efeitos da crise do setor imobiliário dos EUA Ouça a análise do comentarista Celso Ming  "Vocês estão vendo que não precisou nenhum ministro meu correr para Washington ou Nova York. Nós estamos com as contas realmente equilibradas. Temos reservas suficientes. E o que é importante aqui é que o dólar vai se ajustando, na medida em que a economia vai exigindo mudanças. Por isso ele é flutuante", disse o presidente.

Tudo o que sabemos sobre:
Aversão ao riscoLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.