Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Lula fala com Bush para resolver impasse sobre Doha

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está empenhado em retomar as negociações multilaterais de comércio da Rodada Doha da Organização Mundial do Comércio (OMC). Lula disse que telefonou hoje para o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, pedindo empenho do norte-americano para resolver o impasse com a Índia, que estancou as negociações nesta semana. Lula disse ainda que viaja para a China, onde conversará com o presidente Hu Jintao também para discutir os entraves à negociação da Rodada. Da China, disse que pretende conversar também com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, para tentar retomar as negociações. "Falei para Bush que está havendo uma anormalidade em relação à Rodada Doha", disse o presidente, que participou durante a tarde deste sábado da cerimônia do posse da nova direção do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo.A anormalidade, segundo o presidente, é países grandes como Índia, EUA e China, conseguirem fechar acordos mais complexos, como na área nuclear, e não se conseguir fechar um acordo de comércio. Lula destacou ainda que se for preciso conversará também com o ministro britânico, Gordon Brown, para adicionar mais esforços ao fechamento dos acordos de comércio. Segundo ele, para o Brasil a questão já está resolvida. Nessa semana, a diplomacia brasileira anunciou ter aceitado as propostas feitas pela OMC ao Brasil no âmbito da Rodada Multilateral de Comércio. Lula disse ainda estar otimista com a retomada das negociações e afirmou que o presidente Bush compartilha da mesma opinião e do mesmo otimismo dele.

PAULA PULITI, Agencia Estado

02 de agosto de 2008 | 16h42

Tudo o que sabemos sobre:
OMCRodada DohaLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.