Lula: 'Faremos de tudo para ajudar Gradiente'

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje, em visita a Manaus, que o governo federal fará tudo que estiver ao seu alcance para que a fabricante de eletrônicos Gradiente se recupere financeiramente. Em discurso, durante a inauguração de um reservatório de água na região de Cidade Nova, Lula admitiu que a empresa atravessa dificuldades e disse que tem discutido o assunto inclusive com o presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho."Vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para ajudar a Gradiente a voltar a produzir, vamos ver se vai ser possível porque não depende só do governo", afirmou Lula, que compareceu ao evento acompanhado de Coutinho e de diversos ministros, entre eles a titular da Casa Civil, Dilma Roussef.Na ocasião, Lula aproveitou para exaltar o fato de o prazo de funcionamento da Zona Franca de Manaus ter sido prorrogado. De acordo com o presidente, o pólo estava com 50 mil trabalhadores na época em que tomou posse e hoje já tem 115 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.