Lula faz churrasco de despedida para presidente da China

O presidente da China, Hu Jintao, almoçou hoje com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, antes de embarcar para o Rio. Vestindo terno cinza claro e acompanhado da mulher, Jintao chegou à Granja do Torto pouco antes das 13 horas. Lula o levou para conhecer a churrasqueira, explicou como era feito o churrasco brasileiro e, pouco antes de ir para o almoço, Jintao visitou o lago e deu comida aos peixes. No almoço, além de carnes tradicionais, foi servida uma costela, cujo tempo de preparação é de mais de 12 horas. Entre as bebidas oferecidas, estava um vinho produzido na região do Vale do São Francisco, Rio Sol. Também participaram da despedida os ministros Antônio Palocci, Eduardo Campos, Roberto Rodrigues, Luiz Fernando Furlan, Celso Amorim e Dilma Rousseff. O presidente da Vale do Rio Doce, Roger Agnelli, e o da Petrobras, Eduardo Dutra, também participaram do encontro. O almoço foi o último dos três compromissos do presidente chinês em Brasília. Logo pela manhã, Jintao e a mulher fizeram um pequeno passeio em Brasília, para conhecer a Catedral e a Ponte JK. Depois, tiveram um encontro com a colônia chinesa no Brasil. Durante o encontro, de cerca de 20 minutos, Jintao pediu para que integrantes da colônia procurem estreitar os laços com brasileiros. A aproximação servirá como uma ponte para aproximar os dois países, afirmou Jintao a cerca de 110 integrantes da colônia, entre eles, o acupunturista do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gu Hanghu. A cerimônia foi rápida. Antes do discurso de 15 minutos, que todos ouviram de pé, Jintao cumprimentou os ocupantes de uma das três fileiras formadas por integrantes da colônia. Posou para foto e, depois da cerimônia, fez uma parada rápida no hotel para trocar de terno e preparar-se para o almoço com Lula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.