Lula formaliza incorporação do Besc pelo BB

Processo de incorporação do Banco do Estado de Santa Catarina deve ocorrer em até 12 meses

Fausto Macedo, do Estadão,

05 de outubro de 2007 | 11h24

O Banco do Brasil e o Banco do Estado de Santa Catarina (Besc) formalizaram esta manhã a incorporação do banco estadual pelo BB. O governo de Santa Catarina receberá R$ 250 milhões por transferir ao banco federal o processamento da movimentação financeira do Estado e da folha de pagamento dos servidores pelo período de cinco anos. A incorporação está prevista para ocorrer em até 12 meses. A Secretaria do Tesouro Nacional, o governo do Estado de Santa Catarina e o BB também assinaram, esta manhã em Florianópolis, o termo aditivo ao contrato do Proes (Programa de Incentivo à Redução do Setor Público Estadual na Atividade Bancária), relativo ao Besc e à Besc Crédito Imobiliário (Bescri). A medida encaminha a retirada do Besc do Programa Nacional de Desestatização (PND), possibilitando o início do processo de incorporação. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou da cerimônia, ao lado do governador de Santa Catarina, Luiz Henrique (PMDB). Lula chegou na quinta à noite a Florianópolis e jantou com sua filha Lurian e dois netos. O presidente vai almoçar nesta sexta com o governador. À tarde, Lula irá até Chapecó, no interior do Estado, onde visitará as obras da usina hidrelétrica Foz do Chapecó. Serão investidos R$ 2,2 bilhões no empreendimento.

Tudo o que sabemos sobre:
BescBanco do BrasilLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.