Lula lança política industrial na sede do BNDES no Rio

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participará esta manhã, na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro, do lançamento da Política de Desenvolvimento Produtivo: Inovar e Investir para Crescer.A nova política industrial, segundo nota da Secretaria de Imprensa da Presidência, consiste em quatro grandes metas que deverão ser atingidas até 2010: acelerar o investimento fixo, estimular a inovação, ampliar a inserção internacional e o número de micro e pequenas empresas exportadoras. Para isso estão previstos financiamentos do BNDES e do Ministério de Ciência e Tecnologia, desonerações tributárias e mais de 30 desonerações do investimento.A primeira meta, afirma a nota, é elevar o investimento fixo para 21% do PIB até 2010 (em 2007 o investimento foi de 17,6% do PIB); a segunda é estimular a inovação no setor industrial, com um conjunto de medidas para elevar os investimentos privados em pesquisa e desenvolvimento; a terceira meta consiste em elevar a participação brasileira nas exportações mundiais para 1,25% do comércio mundial e a quarta meta propõe a ampliação, em cerca de 10%, do número de micro e pequenas empresas exportadoras brasileiras, chegando a 12.971 em 2010.Hoje à tarde, Lula participará da cerimônia de assinatura de ordem de início das obras do Arco Metropolitano do Rio de Janeiro, que vai ligar o município de Itaboraí ao Porto de Itaguaí, atravessando a Baixada Fluminense. No final da tarde seguirá para São Bernardo do Campo (SP), onde participará da comemoração dos 30 anos da greve da Scania, paralisação que o destacou, em 1978, por ter enfrentado o regime militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.