Lula, Mantega e Meirelles discutem novamente a crise nesta 5ª

Presidente vai se reunir com ministro e presidente do Banco Central a partir das 17 horas, segundo fontes

Leonencio Nossa, da Agência Estado,

09 de outubro de 2008 | 16h42

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai discutir novamente a crise financeira com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, nesta quinta-feira, 9. A reunião no Palácio do Planalto terá início por volta das 17 horas, informaram à Agência Estado fontes da Presidência da República. A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, também poderá participar do encontro.   Veja também: FMI age para garantir crédito a emergentes   Após socorro aos bancos, Lula deve ampliar apoio à agricultura Em meio à crise, Mantega e Meirelles adiam viagem aos EUA Confira as medidas já anunciadas pelo BC contra a crise Entenda a disparada do dólar e seus efeitos Ajuda de BCs mostra que crise é mais grave, diz economista Especialistas dão dicas de como agir no meio da crise Entenda o pacote anticrise que passou no Senado dos EUA  A cronologia da crise financeira  Veja como a crise econômica já afetou o Brasil  Entenda a crise nos EUA    Segundo as fontes, Lula decidiu promover o encontro para discutir e ouvir a avaliação da equipe econômica sobre a reação do mercado às recentes medidas adotadas pelo governo para combater os efeitos que a crise financeira internacional está tendo no País.   Um objetivo da convocação de Lula é o de fechar o posicionamento que o governo brasileiro adotará nas reuniões anuais do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, em Washington. Mantega e Meirelles, que embarcariam para Washington ontem à noite a fim de participar desses encontros, só viajarão hoje à noite, porque foram chamados pelo presidente ao Palácio.   Esta será a última reunião de Lula com a equipe econômica antes da viagem que fará à Espanha, Moçambique e Índia, de onde retorna somente no próximo dia 17 (sexta-feira). Mantega e Meirelles ficarão em Washington até o próximo dia 14.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraCrise nos EUALula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.