Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Lula, Morales e Bachelet anunciarão corredor de integração

Segundo chanceler chileno, presidentes devem se reunir para divulgar calendário de cooperação

Efe,

14 de novembro de 2007 | 10h37

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reunirá em breve com seus colegas da Bolívia, Evo Morales, e do Chile, Michelle Bachelet, para anunciar um calendário de "realização e finalização" de um corredor que permita a integração dos habitantes dos seus três países. "Os presidentes pretendem se reunir, em algum lugar a ser determinado, provavelmente na Bolívia, para anunciar um calendário de realização e finalização desse corredor bioceânico", afirmou nesta terça-feira o chanceler chileno, Alejandro Foxley. Ele acrescentou que os países esperam que o corredor "possa ser inaugurado num prazo razoavelmente curto". O deputado governista Carlos Abel Jarpa adiantou que a reunião entre os presidentes será "no mês de dezembro, se não houver maiores problemas". A iniciativa foi abordada por Bachelet nas suas conversas com Lula e Morales durante a Cúpula Ibero-americana de Santiago, na semana passada. Alejandro Foxley disse que existe um corredor entre os três países "que ainda não foi terminado, mas está relativamente avançado". A rota sai de Santos (SP), passa por Santa Cruz, na Bolívia, e termina em Iquique e em Arica, no Chile, acrescentou. O chefe da diplomacia chilena explicou que seu país pedirá um financiamento da Corporação Andina de Fomento (CAF) para "as partes que precisam ser completadas".

Tudo o que sabemos sobre:
Lulaintegração

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.