finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Lula: negociação da Nossa Caixa sai na próxima semana

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje, em Roma, que só quando retornar ao Brasil, na próxima semana, a negociação em torno da compra da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil, deverá ser concluída. "Vou ter uma conversa com o ministro Guido Mantega (Fazenda), o governador José Serra (São Paulo) e o Banco do Brasil, para saber se há possibilidade", afirmou Lula, em entrevista à imprensa, na sede da embaixada do Brasil, em Roma, antes de embarcar para Washington. "Se for um negócio comercial e de interesse do Banco do Brasil e se tivermos recursos, que seja feito", acrescentou. Lula não entrou em detalhes, mas integrantes de sua comitiva disseram que a negociação está "bem adiantada". "Se trata de um negócio. A economia está tão vulnerável, que com uma notícia dessa, ou qualquer coisa aí, a bolsa (de valores) já sobe ou desce", observou. Ele disse também que o desejo do governo paulista em receber mais em dinheiro do que em títulos, na venda da Nossa Caixa ainda está sendo analisado. "Primeiro é preciso saber se nós temos (dinheiro)", afirmou.

LEONÊNCIO NOSSA, ENVIADO ESPECIAL, Agencia Estado

13 de novembro de 2008 | 12h02

Tudo o que sabemos sobre:
bancosNossa CaixaLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.