Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Lula: País não terá crise, há energia garantida até 2012

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que "é preciso acreditar que o Brasil não vai ter crise energética. As indústrias vão poder crescer". A afirmação foi feita em solenidade no Palácio do Planalto, na abertura do 5º Encontro Nacional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo. "Esse país tem energia garantida até 2012. No mês que vem tem leilão (das usinas do Rio) do Madeira. Em janeiro ou fevereiro do ano que vem haverá outro leilão. Nós vamos descobrir o gás que precisamos descobrir ou vamos comprar o gás que precisamos comprar. É preciso acreditar nisso. Somente acreditando vamos ver as coisas acontecerem", disse.Segundo Lula não há espaço no País para descrença. "Tem muita gente dando palpite no gerenciamento do governo e nós não damos palpite nos negócios dos outros. Posso assegurar que o governo vai muito bem, o Brasil vai muito bem e está bem gerenciado. É preciso acreditar na indústria nacional. Este país tem solidez", emendou. De acordo com o presidente, o País pode crescer tanto pelo desempenho do mercado interno quanto do mercado externo. E disse que, se fossem em outros momentos do País, a crise no setor imobiliário dos Estados Unidos certamente teria levado todos os ministros a viajarem ao exterior para pedir mais dinheiro ao Fundo Monetário Internacional (FMI).Lula ainda afirmou que o governo não manda na Petrobras, "mas ela é subordinada ao seu acionista majoritário, que é o governo". "E, portanto, ela tem que pensar no Brasil", disse, para justificar determinações do governo para investimento na indústria nacional, citando como exemplo a construção de navios em estaleiros brasileiros e plataformas petrolíferas no País. O presidente ainda defendeu a necessidade de o Brasil ajudar os países que não têm infra-estrutura, como os africanos.

LEONARDO GOY E TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

07 de novembro de 2007 | 13h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.