Lula participará do Fórum Econômico Mundial

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá ser uma dos principais atrações do Fórum Econômico Mundial, que ocorrerá entre os dias 26 e 30 de janeiro em Davos, cidades dos Alpes suíços. No final da tarde do dia 28, sexta-feira, o presidente brasileiro fará uma palestra no principal auditório do centro de convenções de Davos. O evento está sendo chamado como "Uma mensagem especial do presidente do Brasil". Há cerca de dois anos, logo após assumir a Presidência da República, Lula foi a Davos, onde propôs a criação de um fundo internacional de combate à miséria e à fome.Lula deverá ser o único chefe de Estado sul-americano a ir a Davos neste ano. Ele chegará à Suíça no dia 28 após participar do Fórum Social de Porto Alegre, e também manterá contatos com investidores e outras autoridades que participarão do evento.O presidente brasileiro estará acompanhado pelos ministros da Fazenda, Antônio Palocci, e da Indústria, Desenvolvimento e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan. O ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu, e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, também integrarão a delegação. Cerca de quinze empresários e acadêmicos brasileiros completarão a lista de brasileiros que participarão do evento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.