Lula pede a sindicatos que 'não se rendam'

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apelou aos sindicalistas e às autoridades espanholas que "não se rendam" diante das políticas de austeridade e que não destruam o estado de bem-estar social que ergueram nos últimos 40 anos. Ontem, Lula recebeu um prêmio do governo da Catalunha, na Espanha, em um ato transformado pelo governo local em palanque em defesa da independência da região. / JAMIL CHADE, ENVIADO ESPECIAL

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.