Lula: pré-sal deve servir para industrialização no País

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sinalizou hoje que o petróleo a ser explorado na camada pré-sal, localizada abaixo do leito marinho, da Bacia de Santos deverá ser priorizado para atender a demanda interna e utilizado para o desenvolvimento industrial do País. "Não quero que a Petrobras, porque descobriu no pré-sal, vire apenas uma grande exportadora de petróleo. Vamos exportar, mas não quero que o presidente da República do Brasil coloque aquele pano na cabeça como se fosse um xeque do petróleo, não. Eu quero que a gente aproveite o petróleo para industrializar o País e consolidar um modelo de desenvolvimento baseado numa indústria nacional com muito investimento em tecnologia e muito investimento em mão-de-obra capacitada", disse.O pré-sal é uma camada de reservatórios que se encontram no subsolo do litoral do Espírito Santo a Santa Catarina, ao longo de 800 quilômetros, em lâmina d?água que varia entre 1,5 mil e 3 mil metros de profundidade e soterramento (área do subsolo marinho que terá de ser perfurada) entre 3 mil e 4 mil metros.A Petrobras é líder em pesquisa e produção de petróleo em águas profundas e ultraprofundas.Lula também aproveitou a ocasião para tentar celebrar um acordo entre sindicalistas e a indústria naval. Logo na abertura do evento, ele pediu ao cerimonial para que no próximo evento deste tipo os representante dos trabalhadores e da indústria fiquem próximo e não "um em cada lado do palco como se fossem oponentes", disse, completando que o ideal seria aproveitar este momento para estabelecer a concórdia e a harmonia. "Acho justo que os trabalhadores reivindiquem, acho justo que sentem para negociação. Mas é preciso lembrar que hoje são 40 mil trabalhadores empregados ante 1,9 mil quando assumimos o governo", lembrou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.