Lula prevê capitalização de US$ 70 bi na Petrobras

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje em Maringá (PR) que amanhã estará na Bolsa de Valores de São Paulo para testemunhar "algo que nunca aconteceu na história da humanidade: a maior capitalização de uma empresa na história do capitalismo". O presidente estimou em US$ 70 bilhões o volume de recursos que será captado pela estatal para explorar o petróleo da camada pré-sal. Segundo Lula, a maior captação até hoje no mercado de capitais teria ocorrido na China, somando US$ 27 bilhões.

ROGÉRIO FISCHER, Agencia Estado

23 de setembro de 2010 | 18h35

Lula disse que uma das grandes virtudes de seu governo foi a disponibilização de crédito. "Quando assumi, o governo tinha R$ 380 bilhões para financiamentos; hoje, o crédito é de R$ 1,6 trilhão", disse o presidente. "A Caixa tinha, naquela época, R$ 5 bilhões para financiar moradias; vamos terminar o ano com R$ 70 bilhões."

O presidente comemorou dados do IBGE divulgados hoje que mostram que a renda média do trabalhador, em agosto, de R$ 1.472, foi a maior dos últimos oito anos - período de seus dois mandatos. "E o desemprego está em 6,7%. Minha geração nunca acreditou que o Brasil teria um índice assim. Achavam que isso é coisa de Europa, dos EUA. Hoje a Europa está com 10% de desemprego."

Tudo o que sabemos sobre:
açõescapitalizaçãoPetrobrasLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.