Lula quer definição sobre combustíveis ainda hoje

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que quer uma definição ainda hoje sobre o aumento ou não do preço do combustível no mercado interno. "Não pode passar de hoje", afirmou. Ele disse que se é para dar aumento, que seja dado logo. Se não, que se diga que não terá reajusta para acabar com as "especulações". Isso porque, segundo o presidente, daqui a pouco os preços dos alimentos começam a subir por causa desses rumores sobre o combustível. Lula lembrou que hoje leu quatro notícias diferentes sobre o assunto e que isso não é possível. Ele informou que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, está discutindo esse assunto, e ele irá definir e comunicar ao presidente a decisão, por telefone, ainda hoje. "Eu estarei em Maceió e ele vai me ligar para decidir isso ainda hoje", afirmou o presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.