Lula quer estudar 'direitinho' o Fundo Soberano

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem, em conversa reservada, que vai estudar ?direitinho? a conveniência de lançar o Fundo Soberano do Brasil neste momento. Em reunião realizada no Palácio do Planalto, Lula pediu ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, que exponha hoje o projeto ao Conselho Político do governo, formado por 14 partidos da base aliada, e explique como será formado o seu caixa. ?Não vamos fazer nada de forma açodada?, afirmou o presidente.Na semana passada, diante das resistências à criação do fundo, o presidente resolveu adiar o envio da proposta ao Congresso. ?É uma idéia inteligente, mas há muitas pessoas contra porque não se sabe se esses fundos de investimento vão funcionar?, argumentou o vice-presidente José Alencar, que ontem também tratou do assunto com Lula. ?Talvez não dê para aplicar isso no curto prazo.?Num dia repleto de reuniões sobre o tema, Mantega detalhou a proposta a Lula, ontem à noite. Preocupado com a escalada da inflação e com as turbulências internacionais, o ministro avalia que o projeto deveria ser encaminhado logo ao Congresso, em regime de urgência. Articuladores políticos do governo, no entanto, convenceram o presidente a aguardar momento mais oportuno para lançar a idéia. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo..

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.