Lula quer interferência internacional em futuros d commodities

O presidente Luiz Inácio Lula da Silvaestá preocupado com o elevado movimento especulativo em futurosde commodities e gostaria de alguma interferênciainternacional, afirmou o ministro da Fazenda, Guido Mantega,nesta quinta-feira. O grande volume de investimento por parte dos fundos emfuturos de commodities como petróleo, grãos e metais tem sidoapontado por alguns como fator que joga os valores dos produtospara níveis artificialmente altos. Os futuros dos grãos registraram fortes quedas em Chicagonesta quinta-feira e operadores citaram comentários de quepodem ocorrer mudanças no setor. (Por Isabel Versiani; Texto de Marcelo Teixeira; Edição deRenato Andrade)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.