Lula quer regras permanentes para salário mínimo

O presidente da Comissão de Orçamento, deputado Paulo Bernardo (PT-PR), disse hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu sinal verde para a elaboração do projeto de lei definindo critérios permanentes de reajuste do salário mínimo. "Não podemos ficar todo ano nessa polêmica de qual vai ser o valor do salário mínimo. Isso envolve muitas vezes uma questão justa, mas dá margem para muita briga política e demagogia", afirmou Bernardo.Ele participou há pouco de uma reunião com o presidente Lula e os ministros da Casa Civil, José Dirceu, da Fazenda, Antonio Palocci e o interino do Planejamento, Nelson Machado, para discutir questões relativas ao orçamento.Atualmente a Lei de Diretrizes Orçamentárias prevê para 2005 a correção do mínimo de R$ 260 para R$ 283. Na LDO deste ano, o critério da correção é a variação do Produto Interno Bruto. Para Paulo Bernardo, é possível que esse critério seja mantido no projeto de lei.Tabela de IRO deputado disse ainda que o presidente Lula também é "simpático" à idéia de correção da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física e de incluir no orçamento recursos para pagar os estados exportadores que tiveram prejuízos com a Lei Kandir."O presidente deu sinal verde para discutirmos todos esses assuntos com o Ministério da Fazenda e do Planejamento nos próximos dias, pois quer uma solução ainda este ano", afirmou Bernardo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.