Lula recomenda que política econômica seja mantida

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, disse hoje que a reunião de parte da equipe econômica com o presidente Lula, realizada ontem, serviu para se fazer uma avaliação de um ano e meio de condução da política econômica. Seguindo Palocci, o presidente Lula recomendou que a equipe econômica seguisse em frente nas mesmas bases em que a política econômica vem sendo conduzida.De acordo com Palocci, durante a reunião, foram apresentados alguns números sobre o comportamento da economia. Entre esses, o ministro destacou o aumento de 7,7% da produção industrial no primeiro semestre em relação ao segundo semestre do ano passado. O crescimento das vendas no varejo, da massa salarial e do emprego foram outros pontos abordados no encontro que, segundo Palocci, foi feito a pedido da própria equipe econômica.O ministro também comentou que, na reunião, falou-se ainda do bom desempenho das contas externas ? troca de dólares entre o Brasil e outros países, o que é chamado de balanço de pagamentos. Nas contas externas, Palocci destacou o desempenho das transações corrente que é um dos componentes do balanço de pagamentos e reúne o resultado da balança comercial, balança de serviços e transações unilaterais.De acordo com Palocci, a expectativa para as transações correntes destacada na reunião com Lula é de um superávit de 0,8% do Produto Interno Bruto (PIB). De janeiro a julho, o ministro disse que o superávit em conta corrente está em torno de 1,6% do PIB.A melhora do perfil da dívida pública também foi tratada no encontro, sendo destacada a redução da participação dos títulos com correção cambial ? variação do dólar - e o aumento da participação dos papéis com juros prefixados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.