Lula sugere vídeo para defender biocombustível no mundo

Presidente participa da inauguração da 1ª usina de produção comercial de biodiesel da Petrobras, em Salvador

Tânia Monteiro, de O Estado de S. Paulo,

29 de julho de 2008 | 11h21

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu à Petrobrás que elabore um vídeo técnico sobre o funcionamento da usina da Petrobras Biocombustível - que está sendo inaugurada em Salvador (BA) nesta terça-feira, 29 - para divulgá-la no exterior e, desta forma, ajudar no debate internacional que, segundo o presidente "está muito nervoso". "É preciso mostrar tudo isso de forma bem didática", comentou o presidente, empenhado na campanha em defesa do biocombustível pelo mundo.  Lula, que neste momento visita as instalações da nova usina, está acompanhado dos ministros da Casa Civil, Dilma Rousseff, de Minas e Energia, Edison Lobão, e da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, além do governador da Bahia, Jaques Wagner. Durante a visita, a ministra Dilma quis saber quanto foi investido para a instalação da usina. "R$ 101 milhões", recebeu como resposta. "Barato, né?", comentou. A obra foi iniciada em fevereiro de 2007 e é a primeira usina de produção comercial de biodiesel da nova empresa que vai produzir 57 milhões de litros anuais de biocombustível.  Para o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, o biocombustível sofre "ataques equivocados". "São equivocados porque atribuem ao programa de biocombustível, críticas que não lhe cabem", afirmou. Gabrielli aproveitou a ocasião para destacar a liderança de Lula à frente dos programas de biocombustíveis. "O presidente é um batalhador a favor dos biocombustíveis, e tem desempenhado papel fundamental no combate aos equívocos, provenientes de diferentes fontes, que lhe são atribuídos", disse. Ele se referia principalmente às críticas internacionais de que estes programas contribuem com a falta de alimentos e a inflação dos mesmos, relacionada mais ao milho, matéria-prima do álcool norte-americano, e não à cana-de-açúcar, matéria-prima do álcool brasileiro. O presidente da Petrobras lembrou que a empresa está avançando na tecnologia para o etanol e para o biocombustível. "Esta 'planta' é um exemplo disso. É uma unidade altamente tecnológica , altamente desenvolvida. E nos dará informações fundamentais para continuarmos desenvolvendo estes programas que têm como principal tarefa estimular e incentivar a criação de uma enorme rede de agricultura familiar". Depois da inauguração, Lula dará posse à diretoria da recém criada Petrobras Biocombustível.

Tudo o que sabemos sobre:
biocombustívelLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.