Lula tem meta de R$ 100 bilhões para BNDES em 2010

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, confirmou hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu ao banco uma meta de desembolsos de R$ 100 bilhões para 2010. "A liberação pode chegar neste nível que o presidente mencionou, mas eu não quero fazer prognóstico ainda. Eu gostaria de chegar a este nível", disse Coutinho.Ele avalia ser importante não apenas o investimento que é financiado pelo BNDES, mas também o que é alavancado pelo banco junto a outros agentes econômicos. "E eu vejo o mercado de capitais muito rigorosos, crescendo muito e é importante que muito do esforço do investimento seja compartilhado, tanto com o sistema bancário privado, quanto com o mercado de capitais", afirmou Coutinho.De acordo com ele, o investimento produtivo no Brasil precisa ser financiado para que cresça e sustente a economia brasileira, com criação de oferta de produtos e maior capacidade instalada para "prevenir gargalos que geram inflação".Coutinho informou que na semana passada teve uma reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e espera receber nesta semana uma informação sobre uma capitalização de cerca de R$ 3 bilhões para o BNDES junto ao Tesouro Nacional. O banco remeteria dividendos para o Tesouro.

ADRIANA CHIARINI, Agencia Estado

03 de outubro de 2007 | 15h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.