Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Lumina normalizará atendimento até março

A Lumina Usimed-SP que contratava a Unimed-SP para prestar serviços ao seus segurados tem até 30 de março para normalizar o atendimento aos seus clientes. Os segurados - 21.853 - começaram a ter problemas com atendimento em junho do ano passado, devido aos problemas enfrentados pela Unimed-SP. O acordo foi firmado com Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, na segunda-feira.A Unimed-SP está com intervenção de diretoria fiscal e técnica determinada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) desde o dia 21 de dezembro do ano passado. O contrato da Lumina, segundo seu presidente, Celso Fraga, com a Unimed foi cancelado em 21 de janeiro.O acordo firmado entre o Procon e a Lumina prevê que a empresa credencie uma nova rede do mesmo tamanho e qualidade da Unimed-SP. Os segurados da Lumina, segundo Fraga, contavam antes com dois mil médicos, 20 hospitais e seis laboratórios. Até agora a Lumina credenciou 300 médicos, seis hospitais e cinco laboratórios. "Pedimos que eles nos informem exatamente qual a era a rede da Unimed no dia do acordo para que o consumidor não saia perdendo", disse a assistente de direção do Procon-SP, Lúcia Helena Magalhães. Problema maior foi com os 800 associados no interiorDe acordo com o Procon-SP e com Fraga, o maior problema foi com os segurados do interior. Dos 21.853 associados, 800 estão fora da capital. Os segurados da Lumina no interior contavam com as Unimeds das cidades que prestavam serviços à Unimed-SP. Quando a Unimed-SP deixou de pagar as unidades do interior, o atendimento foi suspenso, atingindo também os segurados da Lumina. O jeito encontrado pela Lumina foi ressarcir o usuário do interior. "Os segurados procuram a rede que os interessa e a empresa paga depois", disse Lúcia. Fraga afirmou que a solução da empresa para atender os segurados no interior será credenciar a rede em uma cidade maior. "Temos às vezes um usuário por cidade. Por isso vamos tentar centralizar o atendimento", disse Fraga. Telefones de contatoNo acordo, a Lumina comprometeu-se também a informar os nomes dos médicos, hospitais e laboratórios credenciados a seus usuários semanalmente pelo correio. Em caso de dúvidas, há dois telefones da empresa, o do plantão de 24 horas - 0800-142201 e o de urgência - 0800- 550898. O Procon-SP vai mandar os termos do acordo para ANS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.