M. Lynch pode receber aporte de US$ 5 bi de Cingapura

O banco Merrill Lynch deve entrar em breve para a lista de instituições financeiras norte-americanas que estão recebendo injeção de capital de fundos de investimento de governos asiáticos, segundo o Wall Street Journal.A Temasek Holdings, braço de investimento do governo de Cingapura, estaria em negociações avançadas com o banco para injetar até US$ 5 bilhões no Merrill, de acordo com um fonte próxima ao assunto.A notícia surge em meio às previsões dos analistas de que as perdas com baixa contábil do Merrill relacionadas ao setor de hipotecas poderiam dobrar, com o registro de US$ 8 bilhões ou mais no quarto trimestre - um sinal de que Wall Street ainda não superou por completo a crise do subprime (crédito de risco).O conselho da Temasek recebeu uma aprovação preliminar para investir no Merrill, embora o valor, data e questões regulatórias continuem em negociação, acrescenta uma fonte familiarizada com a situação. Portanto, o acordo ainda poderia não se concretizar. Também é possível que o Merrill esteja em discussões com fundos de investimento de outros governos, além da Temasek.Um porta-voz do Merrill não foi encontrado de imediato para comentar, enquanto o da Temasek preferiu não falar sobre o assunto. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.