Madeira Energia deve pedir licença para obra em janeiro

O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, disse hoje que o consórcio Madeira Energia, vencedor do leilão da hidrelétrica de Santo Antônio no Rio Madeira (RO), deve apresentar em janeiro ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) o pedido de liberação da licença de instalação, que autoriza o início das obras de construção da hidrelétrica.Tolmasquim lembrou que a líder do consórcio, empreiteira Odebrecht, já informou - conforme noticiou ontem a Agência Estado - que pretende antecipar de dezembro de 2012 para maio de 2012 o início das operações de produção de energia pela usina de Santo Antônio. "Esse deve ser um dos segredos do preço deles, pois, se conseguirem antecipar, terão um diferencial importante no fluxo de caixa", avaliou o presidente da EPE, referindo-se ao fato de o consórcio ter vencido o leilão apresentando um preço 35% inferior ao teto fixado pelo governo (R$ 122,00 por Mwh).Tolmasquim ressaltou que, como a obrigação dos concessionários é a de vender energia apenas a partir de dezembro de 2012, a energia que eles conseguirem produzir antes disso é deles, e podem vendê-la integralmente no mercado livre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.