Magazine Luiza tem novo superintendente

Silva substitui Luiza no cargo

Márcia De Chiara, SÃO PAULO, O Estadao de S.Paulo

09 de maio de 2009 | 00h00

Desde o início de abril, o Magazine Luiza, terceira maior rede varejista de eletroeletrônicos e móveis do País tem um novo executivo no comando do dia a dia da empresa. O pernambucano Marcelo Silva, de 58 anos, ex-presidente das Casas Pernambucanas, assumiu a superintendência do Magazine Luiza no lugar de Luiza Helena Trajano, que passou a presidente, cargo que acaba de ser criado.Desde 1991 na superintendência da rede, Luiza Trajano, sobrinha da fundadora, vai agora se dedicar às áreas institucional e de planejamento estratégico do grupo, que tem sede em Franca (SP) e 452 lojas em sete estados do País. Ela se reportará diretamente ao conselho de administração da empresa.A mudança no comando do Magazine Luiza ocorre após a rede ter registrado, no ano passado, um faturamento de R$ 3,2 bilhões - o que representa um aumento de 25% ante 2007 - e prejuízo de R$ 47 milhões. Em meio à eclosão da crise financeira internacional, no último trimestre do ano passado, a empresa inaugurou 46 lojas na cidade de São Paulo, um velho sonho da fundadora. A meta inicial para este ano era abrir mais 50 lojas na capital paulista. Mas o plano foi adiado por causa da crise."Faz três anos que queria vir para cá", afirma Marcelo Silva. O executivo conheceu Luiza Helena no Instituto para o Desenvolvimento do Varejo (IDV), entidade que reúne grandes empresas do setor e que em janeiro passou a ser presidida pela empresária. Silva diz que a empatia entre eles começou no IDV, quando ele presidia as Casas Pernambucanas, onde trabalhou por seis anos e meio, até fevereiro passado. Antes de passar pelas Pernambucanas, Silva foi executivo da rede de supermercados Bompreço, líder no Nordeste.Silva conta que Luiza estava à procura de um profissional com experiência em empresas familiares para ser superintendente do Magazine Luiza para que ele pudesse fazer a ponte entre a velha e a nova geração da família Trajano. Na sua opinião, o fato de ter passado por experiência semelhante nas Casas Pernambucanas jogou a seu favor para ser contratado pelo Magazine Luiza.Frederico Trajano, diretor de vendas e marketing da rede varejista e filho de Luiza Helena, seria, segundo fontes do mercado, um dos sucessores da mãe na superintendência. Mas ele continua na mesma função. "Ele é muito jovem, tem 32 anos, e vai trabalhar lado a lado comigo", conta Silva.Para este ano, o novo superintendente diz que os planos da companhia são consolidar a presença da rede em São Paulo e fazer com que a estrutura da empresa seja compatível com o seu crescimento. "Estamos indo muito bem na capital." Depois do forte crescimento registrado nos último anos, com a compra de redes e a estreia em São Paulo, a rede planeja neste ano abrir apenas dez lojas das quais seis já foram inauguradas. Quanto às 50 novas lojas previstas para São Paulo, Silva diz que voltará a olhar para esse plano só em 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.