Najara Araujo/Câmara dos Deputados
Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Maia diz em rede social que nunca deixará de defender a reforma da Previdência

Afirmação foi feita em resposta ao questionamento da deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) no Twitter

Flavia Alemi, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2019 | 12h40

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou em sua conta no Twitter que não vai deixar de defender a reforma da Previdência. A afirmação foi feita em resposta a um questionamento da deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) na rede social.

"Quando o Presidente da Câmara ameaça deixar a Reforma da Previdência, pergunto: ele está pensando no Brasil? Se ele gosta do Presidente e de seus filhos não importa. O que importa é que trabalhe pelo que é melhor para o Brasil! O país precisa da Reforma. A questão é matemática!", escreveu a deputada.

Maia rebateu o tuíte, dizendo: "Nunca vou deixar de defender a reforma da Previdência."

Como mostrou o Estado, Maia avisou nesa quinta-feira, 22, ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que deixará a articulação política da reforma da Previdência. Ele tomou a decisão após ler mais um post do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), com fortes críticas a ele. Irritado, o deputado telefonou para Guedes e disse que, se é para ser atacado nas redes socais por filhos e aliados de Bolsonaro, o governo não precisa de sua ajuda. A ligação do presidente da Câmara para o ministro Guedes foi presenciada por líderes de partidos do Centrão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.