Maior prédio do mundo abre as portas na China

Construção tem praia e sol artificial, além de dois hotéis, shoppings, escritórios e pista de patinação

Sílvia Volpini, especial para o Estadão,

09 de julho de 2013 | 17h34

SÃO PAULO - O maior prédio do mundo, situado em Chengdu, no sudoeste da China, acaba de abrir as portas para visitação pública

Batizado de Century Global Center, o edifício tem números impressionantes: são 500 metros de comprimento, 400 metros de largura, 100 metros de altura e 1,76 milhão de metros quadrados.

O tamanho equivale a três vezes o prédio do Pentágono, nos Estados Unidos, ou a 23 vezes o estádio do Pacaembu.

A construção levou três anos para ser concluída. No interior, além de escritórios e shoppings, há teatros, dois hotéis cinco estrelas, uma pista de patinação no gelo e até um parque aquático com praia arificial.

A área interna é iluminada dia e noite por um sistema japonês que funciona como um Sol artificial.

O exterior da megaestrutura tem formato de uma onda, mas isso não significa que Chengdu seja uma cidade praiana. O oceano mais próximo está 1 mil km distante.

O suntuoso projeto arquitetônico faz parte de um grande plano de expansão para tornar a cidade de Chengdu capital econômica da China.

Além do maior edifício do mundo, as autoridades locais se empenham no ampliação do sistema metroviário e na construção de um aeroporto, prevista para 2020. (Com agências internacionais)

Tudo o que sabemos sobre:
maiorprédiomundochina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.