finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Maiores bancos dos EUA tomam empréstimos com Fed

Em um movimento pouco habitual, osquatro maiores bancos dos Estados Unidos tomaram um total de 2bilhões de dólares emprestados diretamente do Federal Reservenesta quarta-feira, à medida que o Fed tenta acalmar asturbulências do mercado injetando liquidez no sistema. As bolsas de valores do país aceleraram a alta após oanúncio, mas os papéis financeiros declinaram. Tomar empréstimos com o Fed é normalmente visto como umsinal de fraqueza da empresa, mas JPMorgan Chase, Bank ofAmerica e Wachovia Corp. disseram ter amplo acesso a recursos efizeram o empréstimo com o banco central dos EUA visando asaúde do sistema. O Citigroup, maior banco do país, disse ter pego osrecursos para seus clientes, apesar de ter emitido ao menos 2,5bilhões de dólares em bônus corporativos neste mês.O Fed reduziu sua taxa de redesconto --juro cobrado pelo BC emempréstimos a bancos comerciais-- na sexta-feira, em 0,50 pontopercentual, e sinalizou que está disposto a adotar medidas maisdramáticas para aliviar o aperto de crédito na economia. Timothy Geithner, presidente do Fed de Nova York, encorajouna sexta-feira os bancos a tomar empréstimos com o BC. Na semana passada, o Deutsche Bank emprestou dinheiro doFed, segundo informação do Financial Times. (Por Dan Wilchins)

REUTERS

22 de agosto de 2007 | 15h24

Tudo o que sabemos sobre:
CREDITOBANCOSCONSOLIDA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.