Maioria de visitantes do Rio do carnaval era solteira

Mais da metade dos turistas - 60,3% - que visitaram a cidade do Rio de Janeiro no carnaval eram solteiros. É isso o que aponta pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Fecomercio-RJ, detalhando que a média de gastos nos quatro dias de festa baixou dos R$ 1.585,49 apurados em 2005 para de R$ 1.118,09. De acordo com a pesquisa, 42,5% dos 398 entrevistados tinham entre 21 e 30 anos. Para 42,7% os preços de produtos e serviços ficaram acima do esperado. Ainda foi constatado que a maioria dos visitantes eram brasileiros - 56,5%. A maioria destes, 15,6%, chegaram de São Paulo. Em seguida estavam os turistas de Belo Horizonte, representando 7,8%; e Brasília, com 5,8%. Entre os que vieram de fora do País predominaram os americanos, com 8%. Em seguida vieram os ingleses (6,8%) e os australianos (3,3%). AprovaçãoJá o índice de aprovação da viagem caiu. Isso porque o porcentual de turistas que pretende voltar ao Rio no próximo carnaval baixou na comparação com 2005, passando de 70,2% no ano passado para 55,3% este ano. Porém, o total daqueles que recomendariam a cidade a parentes ou amigos se manteve praticamente estável: 94,8% em 2005 e 95,5% em 2006. Transporte e hospedagemO meio de transporte mais utilizado este ano foi o avião (59,8%). O porcentual de turistas que viajou de ônibus caiu de 26,7% no ano passado para 21,4% neste carnaval. Já o que utilizou o carro subiu de 12,7% para 20,9%. Entre os visitantes, 39,4% preferiram se hospedar na casa de amigos ou parentes e 35,9% em hotéis ou pousadas. O destaque foi para o aumento do volume de turistas que alugou casa ou apartamento, que disparou de 11,9% em 2005 para 23,1% este ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.