Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Maioria dos jovens executivos de finanças ganha entre R$ 101 mil e R$ 200 mil ao ano

A remuneração anual da maior parte da nova geração de executivos de finanças está entre R$ 101 mil e R$ 200 mil (45,7%), conforme apontou o levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Executivo de Finanças (IBEF-SP). A pesquisa enviada a 200 associados, na faixa etária de até 35 anos, teve o objetivo de delinear o perfil da chamada "nova geração" de profissionais que estão fazendo carreira na área de finanças.Segundo o levantamento, 22,8% ganham entre R$ 201 a 500 mil por ano, empatando com aqueles que disseram receber anualmente uma quantia de até R$ 100 mil. Somente 8,5% dos jovens executivos entrevistados já têm remuneração anual acima de R$ 500 mil.O curso de Economia, que costumava liderar com relação à formação dos executivos de finanças, teve apenas 11,4% das respostas; enquanto o curso de Administração foi concluído por 45% dos jovens profissionais. O levantamento constatou também uma significativa presença dos cursos de Engenharia (14,2%) entre os graduados.Os cursos de pós-graduação e MBA também são regra geral entre os jovens executivos, tendo sido realizados por 65,2% dos entrevistados; além de 8% ainda cursando. Destes que concluíram ou estão cursando pós-graduação, 76% escolheram as áreas de finanças ou contabilidade/controladoria para dar continuidade aos seus estudos.O levantamento apontou que a maioria (94,25%) dos jovens profissionais da área de finanças ainda é composta por homens, com 62,8% na faixa etária de 30 a 35 anos e 62,8% casados. Entre os entrevistados, 34,2% têm entre 24 e 29 anos e somente 2,8% têm entre 18 e 23 anos.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2006 | 18h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.