Mais 11 distribuidoras de energia podem subir tarifas

Os consumidores de 11 distribuidoras de energia terão a partir de hoje as tarifas reajustadas por índices que vão de 0,48% a 2,56%. Esse aumento corresponde à segunda parcela do reajuste concedido em novembro. As distribuidoras que concederam os aumentos são as seguintes: Bandeirante (São Paulo), de 0,74%; Cerj (Rio de Janeiro), de 1,65%; Ceb (Distrito Federal), de 1,48%; Celg (Goiás), de 0,48%; Escelsa (Espírito Santo), de 1,53%; Light (Rio de Janeiro), de 1,32%; Cemar (Maranhão),de 1,93%; Celpa (Pará), de 1,60%; Cepisa (Piauí), de 2,06%; Ceal (Alagoas), de 2,01%; e Saelpa (Paraíba), de 2,56%. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) concedeu o aumento em duas parcelas para acompanhar o reajuste parcelado das tarifas de energia de Furnas, Eletronorte e Chesf.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.