Mais de 2 milhões de pessoas ainda não entregaram declaração

Faltando apenas um dia para o fim do prazo de entrega da declaração de ajuste anual do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2006, 3,5 milhões de contribuintes ainda não haviam entregues suas declarações à Receita Federal, até às 18 horas desta quinta. De acordo com balanço divulgado pelo órgão, cerca de 18,5 milhões de pessoas já haviam cumprido sua obrigação. A Receita esperava que até a meia-noite mais 900 mil pessoas entregassem o documento. O órgão espera receber neste ano um total de 22 milhões de declarações. Com mais de 2 milhões de contribuintes tendo que entregar a declaração no último dia de prazo, a possibilidade de haver congestionamento no site da Receita é grande. Nos últimos dias, o site passou por problemas de excesso de visitantes no período entre 9h e 18h, sendo o período entre 15h e 16h que apresentou mais problemas. Uma dificuldade adicional para quem deixou a entrega da declaração para a última hora é que a Receita fecha o acesso ao seu site na internet para manutenção no período entre 1h e 5h da madrugada. O prazo para entrega pela internet se encerra nesta sexta às 20h (horário de Brasília). Após esse horário, a declaração já é considerada em atraso e está sujeita a multa de no mínimo R$ 165,74 e no máximo 20% do imposto devido calculado na declaração. Mas a internet não é o único meio para ficar em dia com a Receita: a declaração também pode ser entregue em disquete, no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal, ou ainda em papel, nas agências dos Correios. Vale ressaltar, entretanto, que, por esses meios, o contribuinte precisa estar atento ao horário de atendimento ao público mantido por essas instituições.

Agencia Estado,

27 Abril 2006 | 21h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.