Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Mais de 3 milhões ainda não enviaram o IR; prazo termina nesta segunda

Multa mínima pelo atraso é de R$ 165,74; Receita alerta contribuinte para que evite entrega de última hora 

Suzana Inhesta, da Agência Estado,

29 de abril de 2012 | 12h11

Balanço da Receita Federal até as 9h deste domingo aponta que 21,27 milhões de declarações de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) foram entregues. O número representa 85,08% do total estimado para este ano, de 25 milhões, segundo informações da Agência Brasil. Com isso, ainda faltam 3,73 milhões de declarações a serem enviadas até esta segunda-feira, quando termina o prazo estipulado pela Receita. A multa mínima pelo atraso na entrega é de R$ 165,74.

Se o contribuinte estiver em dívida com o Fisco, poderá ser penalizado em até 20% do imposto devido, com o risco de ter o número do CPF suspenso. Caso tenha restituição, a multa será deduzida da restituição.

"Faltam muitas declarações até o fim do prazo, que é amanhã. Quem não enviou é bom se apressar para não enfrentar surpresas de última hora, como a falta de documentos com as informações bancárias, por exemplo", alerta o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, à Agência Brasil. As informações são da Agência Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
Imposto de RendaReceita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.